Para refletir! Independência: Anos 80, memorável e próspero.Ricardo Assis.

Para refletir! Independência: Anos 80, memorável e próspero. Ricardo Assis.bancoForam anos de prosperidade e movimento culturais em Independência, os anos 80 memorável, a cidade tinha movimentos culturais todos os finais de semana. Tínhamos quatro clubes de bailes (tertúlias) que eram Juazeiro, Kactus, Churrascaria Santana e o Criança era diversão garantida com muita ingenuidade. Não havia esse medo de assalto e nem havia esse tal de “curtir um bagulho” se houvesse alguém que queria “curti o bagulho” teria que ir até as carnaúbas.

Nem perdíamos tempo em olhar o celular, não tínhamos amigos virtuais, amigos era real que brincavam e se divertíamos como deveria ser, se houvesse a necessidade de ligar íamos até o posto da Teleceará na rua Alexandre Bonfim, se o caso fosse receber a ligação esperamos pacientemente a pessoa ligar.

No final de semana além das tertúlias (movido a radiola) havia as peças teatrais no Salão Paroquial com o grupo teatral Fiapo. Tínhamos Cinema que funcionava nos finais de semana, havia o cinema do Sr. Hermógenes ou as vezes o inesquecível Valdemor Rodrigues passava filme no Rutilo Esporte Clube, geralmente, era filme do Bruce Lee ou Faroeste. No R.E.C as vezes havia Show de calouros onde os jovens imitavam os ídolos…

E pasme… tivemos filmes curta-metragem produzindo e filmado em Independência, com roteirista, diretor, produtor, atores e atrizes sendo todos da Porronca.

Tínhamos três grandes bancos Caixa Econômica, Banco do Brasil e B.E.C todos funcionando a todo vapor.

Independência chegou um grau de desenvolvimento próspero na economia na Região dos Inhamuns, tínhamos até uma fábrica que empregava mais de 15 jovens, Fábrica de cadeiras do Nosmamo (Cohab).

Muitos chamam Independência de cidade do “Já teve”, mas acho que cada geração (época) tem o seu tempo. Será que retrocedermos?

Fato que anos 80 éramos felizes e não sabíamos….

Fonte e Foto: Facebook de Ricardo Assis.

Postado por Marcela Torres Teixeira

1 Comentário

  1. E hoje a cidade tá um caos total e sem nenhum projeto de melhora pro futuro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*